Sábado, 19 de setembro de 2020
86 988 910 950
Brasil

12/09/2020 às 23h26

25

Jediel

TERRA DO NOVA DO NORTE / MT

Comitê não viu relação de causa e efeito entre vacina de Oxford e sintomas adversos, diz diretor da Anvisa
aboratório AstraZeneca anunciou retomada dos testes em todo o mundo após suspensão na última terça, mas não detalhou conclusões. Anvisa aprovou continuidade no Brasil neste sábado.
Comitê não viu relação de causa e efeito entre vacina de Oxford e sintomas adversos, diz diretor da Anvisa

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, afirmou neste sábado (12) que os testes da chamada "vacina de Oxford" contra a Covid-19 serão retomados porque não foi encontrada relação de causa e efeito entre a vacina e os sintomas adversos de uma voluntária.





A testagem da vacina britânica foi suspensa em todo o mundo na última terça (8), depois que uma voluntária enfrentou efeitos adversos graves. Neste sábado, o laboratório AstroZeneca anunciou a retomada geral dos testes, mas não detalhou as conclusões sobre o caso.



"Então, essa informação, sem entrar em detalhes, é importante e foi ela realmente que permitiu que os estudos prosseguissem com a maior segurança. Porque não foi constatada nenhuma causalidade entre o que ocorreu e a testagem da vacina", prosseguiu.




A Anvisa recebeu informações oficiais do governo britânico e do laboratório sobre o caso da voluntária neste sábado. Horas depois, a agência anunciou que aprovava a retomada dos testes no Brasil.



Na nota oficial divulgada, o laboratório AstraZeneca afirmou apenas que "o Comitê Independente internacional do estudo concluiu suas investigações e recomendou a retomada da vacinação nos estudos".




A empresa não detalhou as conclusões do comitê, e nem fez referência à voluntária que teria enfrentado reações adversas graves.




Na última semana, o jornal "The New York Times" informou que a paciente teve mielite transversa, uma síndrome inflamatória que afeta a medula espinhal. O presidente da Anvisa citou a mesma síndrome na entrevista à GloboNews.





FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Big Brother Brasil

Big Brother Brasil

Blog/coluna Tudo sobre a casa mais vigiada do Brasil em um só lugar!
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados